Bolsonaro diz que Previdência é encruzilhada; anuncia apoio a aumento em fundo de municípios

Publicado em 09/04/2019 11:34
69 exibições

LOGO REUTERS

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, em discurso a um fórum de prefeitos de todo o país, que a aprovação da reforma da Previdência é uma encruzilhada que precisa ser atravessada, e pediu apoio para obter a aprovação no Congresso.

"Gostaríamos de não ter de fazer a reforma da Previdência, mas somos obrigados", disse Bolsonaro em discurso.

O presidente também anunciou que o governo vai apoiar a majoração do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) por meio de emenda constitucional. Segundo ele, o assunto já foi conversado com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Bolsonaro também confirmou que vai anunciar na quarta-feira o pagamento de 13ºsalário para beneficiários do programa Bolsa Família, mas defendeu que somente com tecnologia e conhecimento o país deixará de ser dependente das exportações de comoddities.

Bolsonaro disse que vai fazer viagens nos próximos meses para a China, a comunidade árabe e voltar aos Estados Unidos, e reiterou ser a favor da exploração racional da Amazônia, sem dar maiores detalhes de como seria.

O discurso de Bolsonaro não empolgou a plateia de prefeitos, apesar de ele ter recebido aplausos efusivos ao anunciar seu empenho na elevação do FPM. Ao final, tendo deixado de se manifestar em seu pronunciamento sobre uma série de demandas dos prefeitos, Bolsonaro recebeu algumas vaias em meio aos aplausos da plateia.

(Por Ricardo Brito)

Fonte: Reuters

Nenhum comentário