Clarida, do Fed, diz que pode haver espaço para taxa de desemprego cair sem inflação

Publicado em 10/04/2019 09:22
7 exibições

LOGO REUTERS

MINNEAPOLIS, EUA (Reuters) - A taxa de desemprego dos Estados Unidos pode ter espaço para cair mais sem levar a uma inflação excessiva, disse o vice-chairman do Federal Reserve, Richard Clarida, na terça-feira em declarações que podem consolidar ainda mais a hesitação do banco central em elevar a taxa de juros.

A tradicional ligação entre queda do desemprego e alta da inflação claramente enfraqueceu, disse Clarida, e o recente fluxo de trabalhadores retornando à força de trabalho indica que pode haver mais "ociosidade" na economia do que a taxa de 3,8 por cento de desemprego indica.

A baixa taxa de desemprego "tem sido interpretada por muitos...como sugestão de que o mercado de trabalho está atualmente operando acima do pleno emprego", disse Clarida em declarações preparadas para conferência do Fed de Minneapolis sobre política monetária e desigualdade de renda.

Mas o nível real de "pleno emprego" é difícil de determinar, disse CLarida.

O nível em que a queda do desemprego exige juros maiores para proteger contra a inflação é determinante para a análise do Fed. Muitos, incluindo o presidente Donald Trump, argumentam que o risco de inflação é tão fraco agora que o Fed não tem motivo para intervir conforme o desemprego cai.

As declarações de Clarida apontam nesse direção também, e sugerem que o Fed vai olhar de perto medidas de ociosidade do mercado de trabalho além da taxa de desemprego conforme determinam seu próximo passo sobre a taxa de juros.

(Reportagem de Howard Schneider)

Fonte: Reuters

Nenhum comentário