Bolsonaro posta vídeo no Twitter passeando de moto no Guarujá (SP)

Publicado em 21/04/2019 08:00 e atualizado em 21/04/2019 19:16
281 exibições
Presidente tirou foto com fãs e postou imagens em suas redes sociais (por Glauco Braga, em O Estado de S.Paulo)

O presidente Jair Bolsonaro quebrou o protocolo e criou tumulto na noite deste sábado (20), na entrada do Forte dos Andradas, em Guarujá, onde passa o feriado de Páscoa. Por volta das 18h30, ele saiu guiando uma motocicleta, acompanhado de seguranças, e passeou por 30 minutos pela orla da Praia do Tombo.

Por meio de seu Twitter, o presidente compartilhou um vídeo do momento em que estaciona a moto e cumprimenta eleitores. "Uma voltinha de moto no Guarujá! Um forte abraço a todos", escreveu na legenda.

 No portão, fãs do presidente gritavam. Ele parou a motocicleta e a confusão foi criada. Ao retirar o capacete, foi cercado por moradores, seguranças e jornalistas. Entre gritos e empurrões, Bolsonaro atendeu fãs e evitou responder a jornalistas.

Jair Bolsonaro de motoPelo Twitter, Jair Bolsonaro compartilhou momento em que estaciona moto e cumprimenta fãs no Guarujá Foto: Reprodução/Twitter

Bolsonaro admitiu que recebeu o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. "Só não conversamos sobre Saúde e Educação", despistou.

Questionado sobre o que vem fazendo durante os dias no Guarujá, ele declarou que fez "o que todo brasileiro faz num dia de feriado".

Sobre como será a próxima semana, Bolsonaro lembrou que "depois do descanso, o mais importante é trabalhar pela Reforma da Previdência".

Bolsonaro chegou está aproveitando o feriado da Páscoa ao lado da mãe Olinda. Na sexta-feira, ele foi jantar no Iate Clube de Santos, e neste sábado, mergulhou no mar no período da manhã.

Uma voltinha de moto no Guarujá! Um forte abraço a todos!

56813616_2139737792801083_6490117835375771648_n.jpg?_nc_cat=1&_nc_ht=scontent-gru2-2.xx&oh=80ababd1255b894075e82100b814a5bb&oe=5D3ADA54

Depois de dizer que criança recusou cumprimentar Bolsonaro, Estadão corrige informação e diz: "é errado afirmar que criança se recusa a cumprimentar Bolsonaro"

Ao contrário do que publicou o portal do Estadão na sexta-feira, 19, não é possível dizer que uma menina se recusou a cumprimentar o presidente Jair Bolsonaro durante um evento na última quarta-feira, 17. Um vídeo com a cena foi publicado pelo próprio presidente em seus canais oficiais na última sexta-feira. A filmagem - postada pelo presidente em suas contas no Facebook e Twitter - é coberta pelo som do Hino Nacional e não é possível ouvir com clareza o que Bolsonaro conversa com as crianças.

O Estado teve acesso por meio de uma fonte do governo ao vídeo com legenda onde é possível ouvir o presidente perguntando às crianças se elas eram palmeirenses. É nesse contexto que a menina faz sinal de negativo para o presidente. 

A nota não foi publicada na versão impressa do jornal. O texto foi corrigido.

Fonte: Estadão

0 comentário