Casa Branca ainda defende Moore para cargo no Fed, diz Kudlow

Publicado em 29/04/2019 13:30
9 exibições

LOGO REUTERS

WASHINGTON (Reuters) - Um importante assessor econômico do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta segunda-feira que a Casa Branca ainda apoia Stephen Moore para a diretoria do Federal Reserve, apesar das preocupações de parlamentares democratas sobre sua competência.

"Ainda estamos com ele e ele está passando pelo processo de avaliação", disse Larry Kudlow, diretor do Conselho Nacional de Economia, a repórteres na Casa Branca.

Moore, que disse no domingo que uma campanha de difamação estava sendo conduzida contra ele, tem sido criticado por suas publicações anteriores e comentários sobre mulheres e suas visões econômicas.

Trump ainda não indicou formalmente Moore, que desempenharia um papel na determinação da taxa de juros para a maior economia do mundo caso seja escolhido para o cargo e confirmado pelo Senado.

Existem atualmente duas vagas na diretoria do Fed em Washington. Trump queria nomear o empresário e ex-candidato presidencial republicano Herman Cain para a segunda vaga, mas Cain desistiu na semana passada depois que ficou claro que ele não tinha o apoio necessário no Senado.

Kudlow disse que o governo está entrevistando vários bons candidatos para o segundo cargo do Fed.

(Por Jeff Mason)

Fonte: Reuters

Nenhum comentário