Ficamos também decepcionados com crescimento da economia, diz Campos Neto

Publicado em 16/05/2019 12:00
40 exibições

LOGO REUTERS

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, expressou nesta quinta-feira que houve decepção em relação ao desempenho recente da economia e ressaltou a necessidade de endereçamento da questão fiscal no país para o retorno do investimento.

"Nós mencionamos na ata e mencionamos na linguagem oficial que ficamos também decepcionados com o resultado do crescimento. Inclusive mencionamos a palavra 'retomada', o que significa que a gente acha que ele (crescimento) foi parcialmente interrompido", disse ele, em audiência na Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional.

Campos Neto afirmou que não existe país de inflação e juros baixos que tenha o cenário fiscal desarrumado. Após as eleições, existia a expectativa de que o quadro fiscal seria rapidamente enderaçado no Brasil, destacou ele, acrescentando que o mercado está no processo de esperar as reformas.

"Incertezas continuam no ar, isso explica um pouco esse adiamento da decisão de investir", afirmou.

(Por Marcela Ayres)

Fonte: Reuters

0 comentário