Câmara quer blindar pauta econômica de atritos, diz presidente da comissão especial

Publicado em 22/05/2019 12:44
31 exibições

LOGO REUTERS

Por Mateus Maia

BRASÍLIA (Reuters) - A decisão da Câmara dos Deputados é de "blindar" a pauta econômica de atritos entre Executivo e Legislativo, disse nesta quarta-feira o presidente da comissão especial da Câmara que analisa a reforma da Previdência, Marcelo Ramos (PR-AM).

"A Câmara tem uma decisão. A decisão é de blindar a pauta econômica de qualquer atrito entre o Poder Executivo e o Poder Legislativo", disse, justificando que a posição veio a partir do "conturbado cenário político" atual.

Para ele, essa pauta já não é mais do governo e sim de toda a sociedade. Ramos fez questão de separar as funções dos Poderes, em meio a constantes evidências de desarticulação entre governo e Parlamento.

Ramos citou o reconhecimento à legitimidade do presidente da República, Jair Bolsonaro, mas ponderou que "a mesma legitimidade" o Congresso detém para legislar. "Ele governa e nós legislamos", resumiu.

O presidente da comissão especial explicou que o esforço da Casa é de preservar a economia de 1 trilhão de reais em dez anos embutida na proposta de reforma da Previdência. Esse valor é almejado pelo governo e visto como imprescindível pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

Fonte: Reuters

Nenhum comentário