Queda do PIB não é novidade para governo, retomada depende de reformas, diz Guedes

Publicado em 30/05/2019 11:14
43 exibições

LOGO REUTERS

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Economia, Paulo Guedes, avaliou nesta quinta-feira que a queda do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no primeiro trimestre não é novidade para o governo, e ressaltou que a realização das reformas econômicas é fundamental para a retomada do crescimento econômico.

"Nós já estávamos contando com a economia bastante estagnada nesse primeiro trimestre, mas nós estamos confiantes que a retomada vem aí", afirmou ele a jornalistas, após reunião com parlamentares do Novo no Ministério da Economia.

"As pessoas têm que entender que precisamos das reformas exatamente para retomar o crescimento. A Previdência é apenas a primeira delas, que garante as aposentadorias e ao mesmo tempo vai criar estimulo à formação de poupança no Brasil e vai dar um horizonte de 15, 20 anos de estabilidade na parte fiscal", completou.

Guedes ressaltou que o governo também pretende tocar adiante a reforma tributária, o choque de energia barata e uma reformulação do pacto federativo para descentralizar recursos para Estados e municípios. Segundo o ministro, os investimentos estrangeiros vão começar a ingressar no país à medida que as reformas forem implementadas.

Mais cedo, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que a economia sofreu uma contração de 0,2% no primeiro trimestre, com fraqueza na indústria, agropecuária e investimentos. Esta foi a primeira queda trimestral desde o fim de 2016, confirmando o quadro de dificuldades para a retomada e as preocupações com as perspectivas à frente.

(Por Marcela Ayres)

Fonte: Reuters

0 comentário