Governo vai soltar estímulos de curto prazo após reforma da Previdência, diz Guedes

Publicado em 04/06/2019 15:56
103 exibições

LOGO REUTERS

Por Marcela Ayres

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta terça-feira que após a reforma da Previdência o governo quer soltar alguns estímulos de curto prazo para revigorar a economia, citando a liberação de recursos do PIS/Pasep e o Plano Mansueto, para socorro aos Estados.

Em sua fala inicial na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados, Guedes disse ainda não ser possível lançar esses estímulos sem que os fundamentos econômicos sejam corrigidos.

Depois da reforma previdenciária, o governo quer ainda enviar ao Congresso o projeto para lançar o regime de capitalização --ou poupança garantida, como disse o ministro--, além de uma reforma tributária tramitando pela Câmara dos Deputados e o pacto federativo, atualmente no Senado.

"Minha melhor informação me sugere ser esse o caminho", afirmou Guedes, após ser convocado ao colegiado para explicar os impactos econômicos e financeiros da reforma da Previdência.

Fonte: Reuters

Nenhum comentário