Trump diz que tem conversa marcada com presidente chinês no G20

Publicado em 10/06/2019 17:45 e atualizado em 10/06/2019 22:22
51 exibições

LOGO REUTERS

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta segunda-feira esperar que o presidente chinês, Xi Jinping, participe da cúpula do G20 no Japão neste mês e que os dois conversem na reunião de líderes desse grupo de países.

Mais cedo, Trump havia dito que estava pronto para impor mais uma rodada de tarifas punitivas sobre as importações chinesas se ele não chegar a um acordo comercial com o presidente da China no G20.

Dow Jones sobe pelo 6º pregão com alívio sobre México

NOVA YORK (Reuters) - As principais bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam em alta nesta segunda-feira, com o índice Dow Jones na maior série de ganhos em 13 meses, após os EUA abandonarem planos de impor tarifas a produtos mexicanos. O mercado se beneficiou ainda de uma série de acordos bilionários entre empresas.

Na sexta-feira, o México aceitou intensificar os esforços para conter o fluxo de migrantes da América Central, depois que Washington ameaçou impor uma tarifa de importação de 5% sobre todos os produtos mexicanos a partir desta segunda-feira.

Estrategistas disseram que as notícias sobre o México agradaram investidores, o que ajudou o S&P 500 a ficar a apenas 2% do recorde do começo de maio.

Mas eles observaram que os índices encerraram distante das máximas do dia e temem que os investidores estejam operando mais com esperança do que com a realidade.

"Tudo isso é um rali de alívio porque não temos tarifas sobre o México", disse Paul Nolte, gestor na Kingsview Asset Management.

Os mercados de ações têm se recuperado em parte pelo otimismo de que o Fed se tornará mais complacente na política monetária a fim de diminuir o impacto da escalada das tensões comerciais.

"Há um risco de que o mercado fique desapontado se o Fed não sinalizar algum tipo de corte nos juros", disse Michael O'Rourke, estrategista-chefe de mercado da JonesTrading.

O Dow Jones subiu 0,3%, a 26.063 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,46%, a 2.887 pontos. O Nasdaq Composto avançou 1,05%, a 7.823 pontos.

O Dow contabilizou a sexta alta consecutiva, mais longa sequência de ganhos desde maio de 2018.

Do noticiário corporativo, a United Technologies aceitou combinar seus negócios aeroespaciais com o conglomerado do setor de defesa Raytheon para criar uma nova empresa no valor de 121 bilhões de dólares.

As ações da United Technologies, no entanto, caíram 3,1%, depois que o presidente Donald Trump disse estar "um pouco preocupado" com a fusão, já que poderia reduzir a concorrência no setor. Raytheon subiu 0,7%.

Salesforce.com anunciou a comprar da empresa de dados Tableau Software por 15,3 bilhões de dólares. A ação da Salesforce.com caiu 5,3%, enquanto as da Tableau saltaram 33,7%.

Fonte: Reuters

Nenhum comentário