CNA participa de seminário sobre agronegócio no Itamaraty

Publicado em 14/06/2019 15:57
71 exibições

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participou do seminário “Diplomacia do Agronegócio”, promovido pelo Ministério das Relações Exteriores e pela Fundação Alexandre de Gusmão, na quinta (13), em Brasília.

Ao palestrar no painel “Promoção Comercial do Agronegócio Brasileiro”, a superintendente de Relações Internacionais da CNA, Lígia Dutra, apresentou dados sobre as exportações de produtos agropecuários brasileiros e destacou os principais desafios que o setor enfrenta para diversificar e agregar valor à pauta de exportações.

“Foi um consenso aqui, entre todos os palestrantes, a nossa necessidade de abertura de mercados, ou seja, mais acordos comerciais. Também precisamos de uma presença mais forte do setor privado no exterior, junto com o governo nessa participação”, disse.

Lígia Dutra também destacou as ações que o Sistema CNA/Senar já vem realizando para possibilitar uma maior inserção de pequenos e médios produtores brasileiros no comércio internacional. Projetos como o InterAgro – Rede Agropecuária de Comércio Exterior, realizado em parceria com a Apex-Brasil, e a Aliança Agrobrazil, um grupo de negociações internacionais do setor, foram citados na palestra.

“Todo o conceito do que nós queremos fazer na diplomacia do agro é justamente algo que parta das demandas dos produtores, dos problemas e das soluções do setor e a CNA é essa grande voz do agro brasileiro, a entidade que tem capacidade e vocação para canalizar essas ideias”, afirmou o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

Os outros dois painéis do seminário abordaram os temas política comercial e promoção da imagem internacional do agronegócio brasileiro. O evento também contou com a presença do presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado federal Alceu Moreira (MDB-RS).

"O agro brasileiro é um conjunto de responsabilidades entre o setor privado e o setor governamental. Por isso a importância de um seminário como esse, dentro do Itamaraty, para afinarmos estes conceitos e, com acerto interno, avançarmos em melhores situações de mercados", afirmou o diretor de Relações Internacionais da CNA, Gedeão Pereira.

Fonte: CNA

0 comentário