Índices europeus avançam liderados por setores varejista e defensivo

Publicado em 20/09/2019 08:44
21 exibições

LOGO REUTERS

As bolsas de valores da Europa caminhavam para a quinta semana consecutiva de ganhos nesta sexta-feira, lideradas por ações defensivas e de varejo, mas os ganhos eram limitados porque os investidores continuam cautelosos com uma desaceleração econômica mais ampla e com o progresso nas negociações comerciais entre Estados Unidos e China.

Às 8:05 (horário de Brasília), o índice FTSEEurofirst 300 subia 0,37%, a 1.545 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhava 0,35%, a 393 pontos, impulsionado por um aumento de 1,08% no setor de varejo.

Os investidores também compravam setores conhecidos como defensivos, como saúde, serviços públicos, imóveis e alimentos e bebidas.

Os mercados globais de ações ficaram assustados no início desta semana por ataques a instalações de petróleo da Arábia Saudita, que fizeram os preços da commodity disparar e aumentaram preocupações geopolíticas no Oriente Médio. Contudo, a flexibilização monetário dos bancos centrais de todo o mundo acalmou os nervos dos investidores.

"A falta de qualquer escalada (na Arábia Saudita) até agora parece ter compensado em boa parte o aumento desta semana (nos preços do petróleo), levando os mercados de ações a se recuperar de suas baixas", disse Michael Hewson, analista de mercado da CMC Markets.

"No entanto, permanece uma quantidade significativa de inquietação quanto ao que pode acontecer ao longo dos próximos dias e semanas."

O otimismo está aumentando sobre as negociações comerciais entre os Estados Unidos e a China, que visam definir o tom das negociações de alto nível em outubro.

. Em LONDRES, o índice Financial Times avançava 0,07%, a 7.361 pontos.

. Em FRANKFURT, o índice DAX subia 0,20%, a 12.482 pontos.

. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 0,45%, a 5.684 pontos.

. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de 0,57%, a 22.254 pontos.

. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava alta de 0,42%, a 9.174 pontos.

. Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizava-se 0,22%, a 5.028 pontos.

Fonte: Reuters

0 comentário