HOME VÍDEOS NOTÍCIAS CARDS METEOROLOGIA FOTOS COMENTÁRIOS

Lula deixa sede da PF em Curitiba, onde estava preso desde abril do ano passado

Publicado em 08/11/2019 15:54 e atualizado em 09/11/2019 18:45
672 exibições

LOGO REUTERS

Por Leonardo Benassatto e Eduardo Simões

CURITIBA (Reuters) - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou no final da tarde desta sexta-feira a sede da Polícia Federal em Curitiba, onde estava preso desde abril do ano passado, após o juiz federal Danilo Pereira Júnior determinar a liberdade do petista.

O despacho do magistrado atendeu a pedido de defesa de Lula feito após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir, no final da quinta-feira, reverter por 6 votos a 5 o entendimento de que era possível o início do cumprimento da pena após condenação em segunda instância. A corte decidiu que, para que a pena de prisão comece a ser cumprida, é necessário que todos os recursos possíveis estejam esgotados, o chamado trânsito em julgado.

Lula, de 74 anos e que governou o país entre 2003 e 2010, cumpria pena de 8 anos e 10 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex em Guarujá (SP), no qual ele teria recebido o imóvel como propina da empreiteira OAS em troca de contratos na Petrobras.

O petista nega ser dono do imóvel, assim como quaisquer irregularidades, e sua defesa afirma que ele é alvo de perseguição política.

Condenado em segunda instância pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), decisão posteriormente confirmada pela 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça, Lula segue inelegível de acordo com a Lei da Ficha Limpa, que o impediu de disputar a eleição presidencial do ano passado.

Lula deixou a sede da PF acompanhado por parlamentares do PT e seus advogados. Ele caminhou em direção aos apoiadores que o esperavam em um palco, onde fez um pronunciamento aos militantes. 

Em um discurso de aproximadamente 20 minutos, Lula agradeceu aos militantes do PT que fizeram um acampamento na frente da PF em Curitiba durante os 580 dias de duração da prisão. O ex-presidente também disse que vai retornar para São Paulo e participará de reuniões no Sindicato dos Metalúrgicos durante o fim de semana. 

 

Fonte: Reuters

2 comentários

  • Alex Lopes Angatuba - SP

    Político corrupto inocentado não é nenhuma novidade, apenas a confirmação de que as coisas ainda não mudaram!

    4
    • Eduardo Rocha de moraes Santo angelo - RS

      Essa cambada de ladrões vai começar a incomodar novamente com a soltura do ladrão maior, mas o exército brasileiro deve estar em prontidão pra acabar com a farra deles.

      4
  • Sebastião Ferreira Santos Fátima do Sul - MS

    É melhor não comentar um ato estupido desses de um órgão que deveria ser chamado de corte máxima da justiça!!! Deveria.....

    4