Eleição no Reino Unido e acordo comercial elevam ações europeias para perto de máxima recorde

Publicado em 13/12/2019 15:09
38 exibições

LOGO REUTERS

O avanço nas negociações comerciais entre Estados Unidos e China e as esperanças de um Brexit organizado após uma vitória esmagadora do primeiro-ministro Boris Johnson nas eleições britânicas elevaram o principal índice acionário da Europa para perto de uma máxima histórica nesta sexta-feira.

China e Estados Unidos concordaram com o texto da "fase um" de um acordo comercial, disse Pequim nesta sexta-feira. A China disse que concordou em intensificar as compras de produtos agrícolas dos EUA, enquanto o presidente norte-americano Donald Trump disse que Washington suspenderá as tarifas sobre importações chinesas programadas para domingo.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,89%, a 1.608 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 1,09%, a 412 pontos, impulsionado pelo grande passo a frente na resolução de uma guerra comercial que afetou as cadeias de suprimento globais e agitou os mercados por mais de 16 meses.

O índice de mid-caps do FTSE, focado no Reino Unido, saltou 3,4%, depois de um recorde no início da sessão, com a vitória do Partido Conservador na eleições britânicas elevando as esperanças de que Johnson entregará o Brexit dentro de semanas, encerrando três anos e meio de incerteza e receios em relação a uma ruptura desordenada com a UE.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,10%, a 7.353 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,46%, a 13.282 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,59%, a 5.919 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,26%, a 23.329 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,01%, a 9.563 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,15%, a 5.203 pontos.

Fonte: Reuters

0 comentário