Alimentos no atacado levam IGP-M a ter deflação

Publicado em 08/08/2008 12:57 2717 exibições

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) registrou deflação no primeiro decêndio de agosto, que compreende o intervalo entre os dias 21 e 31 do mês de julho. Segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o indicador teve variação de -0,01%. Para o mesmo período de apuração no mês de julho, a variação foi de 1,55%. O principal responsável pela desaceleração foi a deflação nos preços por atacado, principalmente dos itens de alimentação.

O Índice de Preços por Atacado (IPA), um dos componentes do indicador, teve deflação de 0,24%, ante inflação de 1,97% em julho. O destaque para a desaceleração do item matérias primas brutas foram soja em grão (8,59% para -8,47%), bovinos (7,44% para -0,97%) e milho em grão (11,22% para -6,12%).

Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), também desacelerou, passando de variação positiva de 0,42%, em julho, para 0,07%, em agosto. A maior contribuição para a desaceleração partiu do grupo alimentação, com variação passando de 0,89%, na apuração anterior, para -0,59%, no mesmo período de agosto. Os itens que mais contribuíram no segmento foram carnes bovinas (5,19% para -0,55%); hortaliças e legumes (-1,44% para-4,17%); arroz e feijão (4,37% para -0,39%) e laticínios (0,96% para -0,51%).

O terceiro e último componente do IGP-M, o Índice Nacional da Construção Civil (INCC), que teve variação de 1,4% em agosto, ante 1,38% em julho. A aceleração se deveu ao aumento nos custos com materiais e serviços, que teve inflação de 2% no mês passadom ante 1,58% do mês imediatamente anterior.

No fechamento do mês passado, o IGP-M avançou 1,76%.

No ano, o IGP-M ainda acumula alta de 8,7%. Nos últimos 12 meses o indicador subiu 13,99%.

Fonte:
site Terra

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário