Dólar fecha a R$ 2,32; Bovespa ainda recupera perdas e sobe 0,54%

Publicado em 25/11/2008 19:05 1546 exibições

O dólar comercial foi negociado a R$ 2,323 nas últimas operações desta terça-feira, em leve baixa de 0,08% sobre a cotação de ontem. Nas casas de câmbio paulistas, o dólar turismo foi vendido por R$ 2,460, em declínio de 1,28%.

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) opera instável, alterna entre recuos e avanços moderados. Às 16h52, o índice Ibovespa sobe 0,54%, aos 34.373 pontos. O giro financeiro é de R$ 2,96 bilhões. Nos EUA, a Bolsa de Nova York cede 0,35%.

O segundo dia de notícias positivas animou uma jornada de relativo alívio no mercado financeiro. A taxa de câmbio disparou pela manhã, atingindo o pico de R$ 2,37, mas caiu com bastante força após o anúncio do plano do governo americano para injetar mais de US$ 800 bilhões na economia. A taxa de câmbio somente voltou a subir, mas de forma bem mais moderada, perto do horário de encerramento das operações.

Ontem, a injeção de US$ 20 bilhões no Citigroup ajudou a reduzir boa parte das expectativas negativas que os analistas tinham para esta semana: a Bolsa permanece acima dos 30 mil pontos, enquanto o dólar gira abaixo de R$ 2,40.

O grau de aversão ao risco, no entanto, continua alto, o que pode ser visto pelo movimento na Bolsa de Valores. Embora o índice Ibovespa acuse uma retração de 60% nos preços das ações neste ano, o saldo de investimentos estrangeiros mostra que o fluxo de saída é contínuo há cerca de seis meses: as vendas de ações superavam as compras em R$ 1,76 bilhão até o pregão do dia 19.

Ontem, o BC informou que o fluxo cambial, que mede as entradas e saídas de divisas, ficou negativo em US$ 2,53 bilhões, sendo que somente pelo lado financeiro a fuga foi de US$ 4,85 bilhões.



Fonte: Folha Online

Fonte:
Folha Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário