Entenda melhor o que vai acontecer este ano na economia

Publicado em 04/01/2009 22:31 1229 exibições

O editor teve acesso há três semanas a um portentoso estudo de 150 páginas produzido pelo pessoal técnico do Credit Suisse, constituído praticamente de centenas de tabelas sobre o desempenho da economia global e brasileira em 2008 e as projeções para 2009 e 2010.

. O documento é super reservado.

. Depois de ler e estudar tudo atentamente, o editor lista a seguir os principais dados macroeconômicos, porque eles podem balizar as ações dos leitores no decorrer deste ano:

DADOS GLOBAIS

Crescimento do PIB em 2008 e 2009, em percentagem:

PIB global: 3,6/1,5 - EUA: 1,4/03 – China: 9,9/8 – Brasil: 5,7/3,5.

Contribuição para a formação do PIB global:

EUA – 0,3/-0,1 – Japão: 0/0,1 – Europa – 0,2/-01/ China: 1/0,9 – Brasil: 0,2/0.

DADOS DO BRASIL

2008 e 2009, em percentagem:

PIB: 5,7/1,3 – Agropecuária: 4,6/1; Indústria: 6,2/-0,7;  Serviços: 4,1/2.

- Os estudos e projeções do Credit Suisse apostam claramente em recessão nos Países mais ricos (o G7), desaceleração global e também no Brasil, com recuperação prevista para 2010. Os Estados Unidos terão a primeira redução de consumo das famílias em 29 anos, enquanto que a zona do euro registrará a sua primeira recessão em 15 anos.

. Eis o que o banco prevê para 2010 no Brasil, em termos de crescimento do PIB, em percentagem:

PIB, 3,5% - Agropecuária: 3,5; Indústria, 3,4; Serviços, 3,4.

SE VOCE quiser receber as 150 páginas de tabelas e gráficos do estudo, mande e-mail fazendo o pedido diretamente ao editor: [email protected] O material (ele é pesado) será enviado por e-mail.
 

 

Dólar vai parar de subir em 2009

Eis como o Credit Suisse acha que ficarão as principais moedas em relação ao dólar (as cotações são de 2008 e 2009): euro – 1,25/1,37; iene, 95/102; libra, 1,65/1,83; renmimbi (China), 7,00/6,85.

. Em relação ao real, a aposta é de que a cotação se estabilize em R$ 2,20 ao longo de 2009, permanecendo no mesmo patamar em 2010.

- Neste primeiro dia útil de 2009, o dólar estava cotado a R$ 2,3280 as 13h13m, conforme tabela on line disponível na capa do site www.polibiobraga.com.br

Esta foi a melhor arrecadação gaúcha em toda a história

Embora não esteja com a planilha eletrônica completada nesta sexta-feira a tarde, a secretaria gaúcha da Fazenda registrava estes números sobre a arrecadação do ICMS em dezembro e 2008:

- 2008 – R$ 14,8 bilhões.

- Dezembro – R$ 1,2 bilhão.

. Os números do ano fecharam R$ 1 bilhão acima das projeções mais otimistas feitas pelo governo para 2008.

- Os números de dezembro já permitiram à secretaria entender que a desaceleração econômica pegou o RS.

Bolsa fecha dezembro em recuperação

Neste primeiro dia útil do ano, a Bolsa operou em forte alta. As 14h49m, a tabela on line que você pode encontrar na capa do site www.polibiobraga.com.br, registrava avanço de 4,91%, aos 39.394 pontos.

. Aí vai o ranking do melhores e piores investimentos e aplicações de dezembro, conformou apurou o editor nesta sexta-feira a tarde com o pessoal do Banrisul:

- Ouro, 10,04%/ Bolsa, 2,60%/ Dólar paralelo, 2,045/ Fundo de Renda Fixa, 1,29%/ Fundo DI ou CDB DI, 0,90%/ Poupança, 0,72%/ Dólar comercial, 0,17%.

. Como se percebe, a Bolsa conseguiu boa recuperação em dezembro, o que não eliminou o tremendo tombo de 41,22% que acusou no ano.

- A inflação de dezembro foi negativa, ou seja, menos 0,13% (IGP-M).

Ouro (32,13%) foi o melhor investimento de 2008

Eis o ranking dos melhores e piores investimentos e aplicações de 2008:

- Ouro, 32,13%/ Dólar comercial, 31,94%/ Dólar Paralelo, 25%/ Fundo DI ou CDB-DI, 12,38%/ Fundo de Renda Fixa, 10,30%/ Poupança, 7, 9%/ Bolsa, menos 41,22%.

. A inflação do ano, medida pelo IGP-M, foi de 9,81%.
Fonte:
Blog Polibio Braga

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário