Bovespa fecha em queda de 0,51% e quase perde nível dos 70 mil pontos

Publicado em 12/01/2010 17:40 794 exibições

As iniciativas do governo chinês para conter a economia foram, mais uma vez, motivo para o investidor optar por vender ações na jornada desta terça-feira, em sintonia com os mercados europeus e americanos. O mercado também não digeriu bem o balanço da Alcoa, que abriu a temporada de resultados corporativos nos EUA. A taxa de câmbio refletiu o nervosismo dominante nas praças financeiras e quase bateu em R$ 1,75.

O Ibovespa, índice que reflete os preços das ações mais negociadas, retraiu 0,51% no fechamento, aos 70.075 pontos. O giro financeiro foi de R$ 6,30 bilhões. Ainda operando, a Bolsa de Nova York perde 0,51%.

O dólar comercial foi vendido por R$ 1,748, em alta de 0,69%. A taxa de risco-país marca 199 pontos, número 6,41% acima da pontuação anterior.

"Houve um pouco de nervosismo hoje com as notícias da China: o governo por lá voltou a aumentar os juros [nos títulos de curto prazo] e lançou novas medidas para tirar dinheiro de circulação da economia", comenta Glauber Romano, profissional da mesa de operações da corretora Intercam. "E a nossa correlação mais forte por aqui é com o euro, que perdeu valor perante o dólar. O mercado tende a ficar um pouco mais avesso a risco e vai para o dólar por uma questão de proteção", acrescenta.

Entre as principais notícias do dia, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) registrou um crescimento do nível de emprego no setor industrial, de 1,1% em novembro ante outubro. A renda desse trabalhador, no entanto, encolheu 0,8% no mesmo período.

A FGV apontou inflação de 0,27% em janeiro, pela leitura do IGP-M, em sua primeira estimativa do mês. Na primeira prévia de dezembro o indicador havia registrado queda de 0,16%. O Dieese verificou um aumento de 4,05% no custo de vida de paulistano em 2009, a segunda menor variação da década.

No front internacional, o governo chinês elevou os juros oferecidos em títulos públicos de um ano de prazo, quase uma semana depois de elevar os juros para os títulos de três meses. Ajustando as taxas pagas por esses títulos, o banco central asiático torna o custo de capital mais caro, numa tentativa tradicional de combate à inflação.

Ontem à noite, a produtora americana de alumínio Alcoa anunciou um prejuízo de US$ 277 milhões (US$ 0,28 por ação) para o período do último trimestre do ano passado, após ter registrado um lucro de US$ 77 milhões no terceiro trimestre. No mesmo trimestre de 2008, a perda havia sido de US$ 1,19 bilhão, ou US$ 1,49 por ação.

Empresas

A Embraer comunicou que fez 244 entregas de jatos em 2009, um número recorde na história da empresa e 19,6% superior ao total repassado em 2008. A ação da fabricante de aviões teve alta de 3,35% no pregão da Bovespa.

Fonte:
Folha Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário