Bovespa firma tendência de baixa; dólar vale R$ 1,78

Publicado em 18/03/2010 16:39 441 exibições

As ações brasileiras são negociadas com perdas na jornada desta quinta-feira na Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo). As Bolsas americanas operam com tendências mistas, sem que os últimos indicadores já divulgados da economia local animem os negócios. Ainda no front externo, a situação da Grécia volta a preocupar: o país apela por ajuda dos países europeus e adverte que deve ir ao FMI.

O Ibovespa, termômetro dos negócios da Bolsa paulista, retrai 0,74%, aos 69.208 pontos. O giro financeiro é de R$ 3,34 bilhões. Nos EUA, a Bolsa de Nova York sobe 0,27%.

Na Europa, a Bolsa londrina tem leve queda de 0,03%; em Frankfurt, o índice de ações Dax perde 0,19%.

O dólar comercial é vendido por R$ 1,787, em alta de 1,24%. A taxa de risco-país marca 193 pontos, número 0,52% acima da pontuação anterior.

Entre as principais notícias do dia, o Departamento do Trabalho dos EUA revelou que a inflação ao consumidor ficou praticamente estável em fevereiro, após alta de 0,2% em janeiro. Economistas do setor financeiro esperavam um aumento de 0,1%. O mesmo órgão indicou uma queda na demanda dos trabalhadores pelo auxílio-desemprego. O montante de pedidos iniciais desse benefício caiu para 457 mil.

Ainda nos EUA, o Departamento de Comércio divulgou que o deficit em conta corrente bateu nos US$ 115,6 bilhões no quarto trimestre de 2009, número abaixo das expectativas (US$ 119 bilhões).

No front doméstico, a FGV apontou uma inflação de 1,10% em março, ante 1,08% em fevereiro, pela leitura do IGP-10. Em 2009 o índice acumulou queda de 1,68%.

Ontem à noite, o Banco Central brasileiro decidiu manter a taxa básica de juros (Selic) em 8,75% ao ano. Alguns analistas esperavam um ajuste já neste mês, para 9% ou 9,25%, embora a maioria do mercado já apostasse na manutenção. Ganhou força, portanto, a corrente do mercado que previa uma elevação da taxa Selic para abril.

Fonte:
Folha Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário