Kátia Abreu cobra ações contra o MST

Publicado em 14/04/2010 08:46 526 exibições
A presidenta da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), senadora Kátia Abreu (DEM-TO), protocolou ontem, no Ministério da Justiça, um documento destinado ao ministro Luiz Paulo Barreto pedindo ações duras para reprimir as ações organizadas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), como atividades do Abril Vermelho. Entre as ações, está o uso da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Federal (PF) para identificar e reprimir as ocupações antes que elas aconteçam. A senadora pretende propor o que chamou de Plano Nacional de Combate às Invasões. Kátia Abreu classificou as investidas do MST como "ações terroristas" e defendeu a criminalização do movimento.
Fonte:
Correio Braziliense

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário