Brasil e África do Sul negociam retomada das exportações de suínos

Publicado em 16/04/2010 13:05 444 exibições
Nos próximos 30 dias, uma missão do governo sul-africano virá ao Brasil para conhecer o sistema nacional de certificação de carne suína. A visita foi acertada pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Wagner Rossi, com a ministra da Agricultura da África do Sul, Tina Joemat-Pettersson, em reunião nesta sexta-feira (16), em Brasília.
Com o convite, o governo brasileiro pretende demonstrar a segurança do sistema de rastreabilidade do País e abrir o mercado sul-africano para a carne suína. As exportações do produto foram interrompidas no final de 2005, com o embargo sanitário imposto em função do comunicado de foco de febre aftosa em bovinos brasileiros.
Antes do embargo, a África do Sul era um dos principais destinos da carne suína produzida no Brasil. As exportações em 2004 totalizaram US$ 17,69 milhões, atrás das vendas para Países Baixos, Cingapura, Argentina, Ucrânia Hong Kong e Rússia. “A ministra acenou que deseja a reabilitação das exportações de carne de suínos in natura para a África do Sul”, afirmou Rossi após o encontro.
A ministra sul-africana também demonstrou interesse na transferência da tecnologia brasileira para produção de biocombustíveis e na cooperação conjunta em terceiros países africanos.  Uma das possibilidades seria a produção de etanol da cana-de-açúcar em Moçambique. Wagner Rossi garantiu que o Brasil está pronto para analisar propostas de cooperação e convidou Tina Joemat-Pettersson para conhecer plantas de produção de etanol no País.
Fonte:
MAPA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário