Bovespa recua 1,57% no fechamento; mercado revê euforia de ontem

Publicado em 11/05/2010 18:11 366 exibições

O mercado de ações brasileiro calibrou seu entusiasmo com o bilionário pacote europeu divulgado ontem, em meio a dúvidas e incertezas do investidor sobre as dimensões e o "timing" desse plano para evitar um agravamento da crise na zona do euro.

O Ibovespa, índice que reflete os preços das ações mais negociadas, retrocedeu 1,57% no fechamento, aos 64.424 pontos. O giro financeiro foi de R$ 6,07 bilhões. Nos EUA, o índice Dow Jones, da Bolsa de Nova York, recuou 0,34% na conclusão dos negócios.

"Ainda há muitas dúvidas se esse plano vai realmente vai funcionar. Afinal, esses 750 bilhões [de euros] são suficientes? Se não, quanto será suficiente? Portugal e Espanha já foram 'contaminados' [pela crise grega]?", afirma Eduardo Oliveira, analista da Um Investimentos. "Também existem dúvidas se adianta agora a União Europeia ser muito rígida com esses países [para reduzir deficits]. Seria melhor que tivesse sido rigorosa lá atrás, quando a dívida deles já estava subindo demais", acrescenta.

O profissional também indica que existe alguma apreensão nos mercados sobre Portugal e Espanha. O montante dos recursos (quase US$ 1 trilhão), na visão de alguns, já poderia ser um indicativo de que a situação desses países é mais séria do que o estimado.

O dólar comercial foi vendido por R$ 1,783, em um acréscimo de 0,33%. A taxa de risco-país marca 209 pontos, número 0,95% abaixo da pontuação anterior.

A Portugal Telecom rejeitou ontem à noite uma oferta de 5,7 bilhões de euros (cerca de US$ 7,3 bilhões) feita pelo grupo espanhol Telefônica pela participação dessa companhia portuguesa na holding brasileira de telecomunicações Vivo. A oferta teve preços bem acima dos praticados pelo mercado. A ação preferencial da operadora valorizou 5,05% o pregão de hoje, chegando a disparar mais de 8% no decorrer do dia.

O dólar comercial foi negociado por R$ 1,783, em um acréscimo de 0,33%. A taxa de risco-país marca 204 pontos, número 2,39% abaixo da pontuação anterior.

Entre as principais notícias do dia, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontou que o nível de emprego no setor industrial teve um aumento de 0,7% em março ante fevereiro, pelo terceiro mês consecutivo.

O governo chinês apontou inflação de 2,8% nos preços ao consumidor em abril, acima das projeções de mercado (2,7%), enquanto a produção industrial teve aumento de 17,8% para o mesmo mês. As vendas de varejo subiram 18,5%. Os dois últimos indicadores mostraram desempenho abaixo das estimativas do setor financeiro.

Ontem à noite, o grupo Pão de Açúcar revelou um lucro líquido de R$ 126,2 milhões para o primeiro trimestre deste ano, 33% acima do registrado no mesmo período de 2009. A ação preferencial teve alta de 0,75%.

Fonte:
Folha Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário