Aumenta a receita das exportações do agronegócio mineiro

Publicado em 14/05/2010 14:33 380 exibições
Dados de abril mostram evolução de 17,81% sobre o mesmo período de 2009

A receita das exportações do agronegócio mineiro, em abril de 2010, teve aumento de 17,81% em relação a abril do ano passado. A cifra alcançada foi de US$ 512,1 milhões na comparação com os US$ 434,8 milhões registrados no período anterior. Os dados foram divulgados pelo Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e analisados pela Superintendência de Política e Economia Agrícola da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
 
De acordo com o superintendente João Ricardo Albanez, o crescimento da receita das exportações do agronegócio mineiro deve ser atribuído, mais uma vez, à melhoria dos preços no mercado internacional. “Isso é comprovado pela queda de 9,02% no volume embarcado no período. Foram cerca de 447,0 mil toneladas diante de 491,3 mil toneladas registradas em abril de 2009”, assinala Albanez.     
 
O superintendente destaca, no conjunto das exportações do agronegócio mineiro em abril de 2010, a atuação do café. “Esse produto, considerado o de maior peso da balança do agronegócio mineiro, alcançou uma receita de US$ 279,2 milhões no quarto mês deste ano. Este valor equivale a 54,5% do obtido com a comercialização total de produtos do agronegócio mineiro no exterior. “Esta cifra representa ainda um aumento de 19,51% na comparação com a obtida com a exportação do produto em abril de 2009”, observa ainda o superintendente.
 
Entre os produtos de exportação do agronegócio mineiro tem destaque também a soja. A receita do complexo soja (grão, óleo e farelo) teve aumento de 9,92% em abril deste ano. O valor alcançado foi de US$ 47,9 milhões na comparação com os US$ 43,6 milhões registrados no mesmo mês de 2009.
 
Já o açúcar apresentou crescimento de 11,71% na receita, com o registro de quase US$ 31,0 milhões. Em abril de 2009, a receita com as exportações do produto foi de US$ 27,4 milhões. Albanez observa que o aumento do preço médio (quase 53,0%) foi o mais expressivo no conjunto dos produtos do agronegócio mineiro comercializados no exterior. “A melhoria do preço foi um contraponto para a redução do volume das exportações de açúcar, que foi de quase 26,0%. No quarto mês deste ano foram embarcadas 60,2 mil toneladas, enquanto no mesmo período de 2009 o volume foi de 82,5 mil toneladas.”
 
Albanez ressalta ainda os resultados das exportações de madeiras e subprodutos, que obtiveram igualmente crescimento da receita (89,22%), ou receita de US$ 68,0 milhões na comparação com os US$ 36,0 milhões registrados em abril de 2009. No entanto, o volume exportado teve retração de 12,62%, sendo 99,0 mil toneladas no quarto mês deste ano contra  113,2 mil toneladas em abril de 2009.
 
Quadrimestre
 
A análise das exportações do agronegócio mineiro, no acumulado de janeiro a abril de 2010, mostra evolução de 22,3% na receita. No primeiro quadrimestre deste ano foi registrada uma cifra aproximada de US$ 2,0 bilhões, na comparação com os US$ 1,6 bilhão do mesmo período de 2009. O café alcançou um a variação positiva de 19,5% na receita, com US$ 1,1 bilhão, contra US$ 919,0 milhões do mesmo período de 2009.
 
No primeiro quadrimestre deste ano, as exportações de açúcar mostraram uma variação positiva de quase 60,0% em relação ao mesmo período de 2009. A cifra alcançada foi de US$ 194,6 milhões, na comparação com os US$ 122,2 milhões do período anterior.
 
O destaque nas exportações do setor de carnes foi para a carne frango, que apresentou crescimento de receita de 25,0%, ou aproximadamente US$ 60,0 milhões na comparação com os US$ 48,0 milhões registrados no mesmo período de 2009. Já a carne bovina teve variação positiva de 5,5% ao registrar uma receita de US$ 86,5 milhões, contra US$ 81,9 milhões.
 
De acordo com os dados do MDIC, a receita das exportações mineiras do complexo soja cresceu 3,25% no primeiro quadrimestre deste ano. Foram cerca de US$ 95,0 milhões. O superintendente Albanez observa que houve diminuição de 2,8% no volume exportado. “O faturamento foi positivo por causa do crescimento de 6,3% nos preços dos produtos do complexo soja.
 
No caso das madeiras e subprodutos, a receita teve uma variação positiva de 87,5%, com o registro aproximado de US$ 243,0 milhões na comparação com a cifra de cerca de US$ 129,5 milhões alcançada no primeiro quadrimestre de 2009.
 
Além desses produtos, destacam-se ainda, nas exportações do agronegócio mineiro, os sucos e conservas alimentares. O setor aumentou em 1.558% a receita no quadrimestre, com a movimentação de US$ 26,3 milhões, contra US$ 1,5 milhão do mesmo período de 2009. 
 
Segundo o superintendente, no quadrimestre, os produtos do agronegócio mineiro representaram 30,3% da pauta das exportações totais do Estado. “O crescimento foi de 13,0% em relação aos quatro primeiros meses de 2009”, finaliza.
 
 

Fonte:
Secr. de Agr. de MG

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário