INTERNACIONAL: Crise financeira na Europa pode reduzir demanda e prejudicar exportações

Publicado em 17/05/2010 14:02 400 exibições
Algumas das principais commodities agrícolas, como o trigo e soja, operaram em baixa na madrugada desta segunda-feira em Chicago por conta de uma preocupação com a crise financeira que atinge a Grécia. A crise, que ameaça acabar com a zona do euro, pode se estender para o leste europeu, comprometendo a frágil recuperação econômica da região, segundo o Banco Europeu de Reconstrução e Desenvolvimento.

 “Nós estamos vendo uma aversão ao risco no mercado, e isso é empurrar as commodities para baixo, a curto prazo”, diz o diretor de venda de commodities do Banco Nacional da Austrália, Michael Pitts.

Uma pesquisa mostrou que analistas – de Chicago a Tóquio – afirmam que esta semana a soja deve permanecer operando em baixa e que o milho deverá cair. O recuo dos preços, segundo o estudo, pode ser conseqüência da crise econômica na Europa, principalmente na Grécia, que deve provocar uma desaceleração da demanda por alimento, ração e combustível feito desses dois produtos e, além disso, pode também retardar o crescimento econômico europeu.

Exportações argentinas

A Argentina, o segundo maior exportador de milho do mundo, aumentou sua cota de exportações do cereal em 30%, alcançando 13 milhões de toneladas na temporada 2009/10, segundo a Agência Nacional de Controle de Exportações Agrícolas. A previsão para a nação sul americana era de exportar 12 milhões de toneladas neste ano comercial, ou 14% das exportações mundiais para esse período, segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos.

Com informações da Bloomberg
Tradução: Carla Mendes

Fonte:
Redação NA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário