Bolsas asiáticas quebram sequência de alta e caem com Europa

Publicado em 22/06/2010 08:21 126 exibições
Após nove pregões consecutivos com valorização, as bolsas asiáticas voltaram a recuar com o aumento dos temores em relação à crise na Europa.

Em Tóquio, o índice Nikkei 225 cedeu 1,22%, para 10.112,89 pontos, enquanto em Hong Kong, o índice Hang Seng teve baixa de 0,45%, para 20.819,08 pontos. O índice Taiwan Taiex, da bolsa de Taipé, caiu 0,30% para 7.612,68 pontos, e o índice Kospi, da bolsa de Seul, teve queda de 0,47%, para 1.731,48 pontos.

Na Austrália, o índice A & P / ASX 200, da bolsa de Sydney, recuou 1,18%, para 4.558,30, enquanto o índice SET, da bolsa de Bangcoc, caiu ,24%, para 804,13 pontos.
Já na China, as medidas de flexibilização do yuan, anunciadas neste final de semana, mantiveram os negócios no positivo. O índice Shanghai Composite, da bolsa de Xangai, subiu 0,10%, para 2.588,70 pontos.

A notícia de que a agência de classificação de risco Fitch rebaixou, no final da tarde de ontem, a nota do banco francês BNP Paribas de "AA" para "AA-" esfriou os negócios na Ásia. A Fitch alertou que o rebaixamento ocorreu devido a "questões estruturais" ligadas ao mix dos negócios do BNP.

"Apesar dos bons progressos e perspectivas, que a Fitch acredita serem favoráveis para o grupo, a agência considera que o BNP não apresenta mais o perfil de elevado crédito exibido para bancos com nota AA", afirmou a agência de classificação em nota.

O posicionamento reacendeu as preocupações dos investidores com a situação financeira da Europa. Na semana passada, para tentar amenizar as tensões no mercado, o governo da Espanha decidiu divulgar os testes de estresse realizados em bancos no país. Com a revisão da Fitch voltam à tona as dúvidas sobre a real condição financeira dos bancos na Europa.
Além disso, os investidores ainda aguardam informações sobre o plano de austeridade fiscal no Reino Unido. São esperadas medidas para reduzir as despesas públicas, além de aumento na carga tributária.

Fonte:
Valor Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário