Argentina e Brasil mais próximos nos campos

Publicado em 05/07/2010 07:44 e atualizado em 05/07/2010 09:01 211 exibições
Os ministros da Agricultura do Brasil, Wagner Rossi, e da Argentina, Julián Dominguez, tentam hoje, durante reunião bilateral, retomar o projeto de transformar o Mercosul em plataforma conjunta de exportação de produtos agropecuários.

No ato político, que terá deputados, empresários e secretários de Agricultura de sete Províncias argentinas, os países também lançarão uma cooperação bilateral em pesquisas agropecuárias com foco em fruticultura de clima temperado, vinhos, cereais de inverno e genética animal. Também haverá um acordo para estudos conjuntos de riscos e oportunidades para o Mercosul.

Antes do consenso, porém, a reunião bilateral terá que resolver o crescente déficit comercial da Argentina no comércio com o Brasil, que chegou a US$ 10 bilhões nos últimos três anos. E existem algumas pendências pontuais.

A Argentina busca uma saída para ampliar as vendas do chamado mosto de uva ao Brasil. As regras domésticas proíbem a industrialização do subproduto vinícola importado a granel, além de não permitir o fracionamento de embalagens. O Brasil aponta um excedente artificial argentino, mas avalia abrir exceção ao mosto do Mercosul e limitar a quantidade importada - o que teria que passar pelo Congresso. Os argentinos também querem abrir mercado para exportar cítricos, sobretudo limões, ao Brasil. Em troca, o Brasil quer abrir mercado para a banana e garantir indicação geográfica exclusiva à cachaça.

Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário