Pessimismo do presidente do BC americano abate maioria de Bolsas da Ásia

Publicado em 22/07/2010 09:16 171 exibições
As Bolsas asiáticas encerraram a quinta-feira sem tendência comum. Parte dos mercados foi abatida pelos comentários do presidente do Fed (Federal Reserve, o banco central norte-americano) na véspera, enquanto as demais praças reagiram positivamente a motivos locais.

Os comentários pessimistas de Ben Bernanke derrubaram os mercados acionários em Wall Street na quarta-feira.

"Aqueles que esperavam mais (ação de política monetária) ficaram desapontados após Bernanke apenas dizer que o Fed continua pronto para afrouxar mais a política monetária", disse Hiroichi Nishi, administrador de ações do Nikko Cordial Securities.

O índice MSCI que acompanha as Bolsas da região da Ásia-Pacífico, exceto Japão, tinha queda de 0,16%, para 397 pontos. Os setores de saúde e tecnologia lideravam as perdas.

O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio terminou com queda de 0,62%, para 9.220 pontos, na quinta sessão seguida de perdas, acumulando assim baixa de 1,7% em julho.

Em Seul a Bolsa caiu 0,76%, para 1.735 pontos.

O setor de tecnologia pesou depois que a sul-coreana Hynix Semiconductor, segunda maior fabricante mundial de chips de memória, disse que os preços devem cair no atual trimestre.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng fechou em alta de 0,5%, para 20.589 pontos. Xangai ganhou 1,07%, para 2.562 pontos. O destaque ficou com as empresas siderúrgicas, após uma alta de preços.

Taiwan perdeu 0,45%, a 7.666 pontos. Em Sydney, a Bolsa australiana fechou em baixa de 0,86%, a 4.374 pontos.

Cingapura encerrou com valorização de 1,01%, para 2.955 pontos, animada por um otimismo sobre os balanços de grandes empresas.

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário