Bovespa cede 1,06% em dia de mau humor global; dólar mantém-se em R$ 1,76

Publicado em 24/08/2010 14:54 204 exibições

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) permanece em terreno negativo, na rodada de negócios desta terça-feira, acompanhando de perto o desempenho das Bolsas americanas e europeias. Indicadores do setor imobiliário americano reforçaram o pessimismo sobre a economia desse país.

O Ibovespa, principal termômetro dos negócios da Bolsa paulista, cai 1,06%, aos 65.284 pontos. O giro financeiro é de R$ 2,81 bilhões. Nos EUA, o índice Dow Jones, da Bolsa de Nova York, perde 0,96%.

O dólar comercial é mantido em R$ 1,767 (valor de venda). A taxa de risco-país marca 209 pontos, número 4,5% acima da pontuação anterior.

Entre as principais notícias do dia, a entidade privada americana NAR reportou que as vendas de residências usadas nos Estados Unidos caíram 27,2% em julho, em um resultado ainda pior do que o esperado pelo mercado.

Ainda no front externo, a agência de estatísticas Eurostat informou que as encomendas à indústria da zona do euro subiram um pouco mais que o previsto para junho.

A FGV (Fundação Getúlio Vargas) apontou que a confiança do consumidor brasileiro aumentou entre julho e agosto. O índice que reflete o sentimento desse consumidor aumentou pelo sexto mês.

E o Banco Central registrou um aumento das taxas de juros praticadas no bancos no mês de julho. O juro médio atingiu 35,4% ao ano, o maior desde outubro de 2009. O volume de crédito contratado no país atingiu a marca de R$ 1,55 trilhão, o equivalente a pouco mais de 45% do PIB (Produto Interno Bruto).

Fonte:
Folha Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário