Auditoria liga irmão de Erenice Guerra a desvio de R$ 5,8 mi

Publicado em 15/09/2010 08:43
426 exibições
José Euricélio de Carvalho, irmão da ministra Erenice Guerra, foi apontado por uma auditoria do governo como responsável pelo desvio de R$ 5,8 milhões da editora da UnB em contratos fantasmas com 529 pessoas, informa reportagem publicada nesta quarta-feira pela Folha.

Pagamentos suspeitos incluem ao menos R$ 134 mil para o próprio Euricélio e para Israel Guerra, filho de Erenice que atua como lobista, quando ela era subordinada à então ministra Dilma Rousseff.

Na prática, a Controladoria e o Ministério Público descobriram um esquema de terceirização dos serviços na universidade sem a comprovação de que eles foram efetivamente realizados.

José Euricélio não foi encontrado ontem para comentar os contratos da UnB. A Folha procurou ainda Israel Guerra e seu advogado, que disse à reportagem que não comentaria enquanto não falasse sobre o caso com o seu cliente.
Fonte: Folha Online

Nenhum comentário