JBS vai à Justiça de novo contra sócio italiano

Publicado em 24/09/2010 09:17
369 exibições
A JBS ingressou ontem com uma medida cautelar na Justiça italiana contra os administradores delegados da Inalca JBS, indicados pelo grupo Cremonini, seu sócio. A companhia brasileira quer que os executivos italianos retomem os procedimentos para que o diretor financeiro, Ricardo Meira, indicado por ela, retorne ao cargo.

Conforme nota divulgada pela JBS, os administradores Paolo Boni e Luigi Scordamaglia suspenderam o processo de pedido de visto do diretor financeiro Meira em junho. "A atitude impediu o acesso da JBS aos números financeiros e operacionais da Inalca, o que é contrário ao contrato de gestão compartilhada firmado entre os sócios e aos princípios da governança corporativa", diz.

Meira foi indicado em maio e começou a trabalhar enquanto aguardava visto. Após dois meses, conforme a JBS, foi suspenso pela Inalca sob a alegação de falta de visto. A JBS diz que Meira buscava "informações para entender como a Inalca conseguiu reduzir fortemente o custo do produto vendido na operação de seu frigorífico em Modena". A brasileira diz ter tentado negociar a retomada do processo de visto, mas o grupo italiano negou formalmente. Por isso, a JBS decidiu entrar na Justiça.

Hoje, assembleia entre JBS e Cremonini deve decidir o futuro da Inalca JBS. A brasileira quer a destituição dos administradores italianos. Do contrário, pedirá a liquidação da sociedade.
Fonte: Valor Econômico

Nenhum comentário