Intercâmbio comercial entre Brasil e Canadá está em debate

Publicado em 27/09/2010 13:48
605 exibições
Os principais temas do comércio agropecuário entre Brasil e Canadá entram em debate de hoje, 27 de setembro, até quarta-feira, 29, durante o 4º Comitê Consultivo Agrícola (CCA) Brasil-Canadá. O encontro entre técnicos dos ministérios da Agricultura dos dois países acontece nas cidades canadenses de Montreal e Ottawa e tem, na pauta de assuntos sanitários, a habilitação de Santa Catarina para a exportação de carne suína in natura e o reconhecimento da zona brasileira livre de febre aftosa, composta por 16 unidades da federação.

A delegação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) discutirá, ainda, os embarques de mamão papaia, produtos para alimentação animal e carne de aves desossada e temperada. Do lado canadense, o interesse é pela exportação de bovinos vivos ao Brasil.

O CCA com o Canadá foi instituído há quatro anos, com o propósito de intensificar as relações no setor agrícola, expandir o fluxo comercial entre as duas economias e o intercâmbio de conhecimentos técnico-científicos. A agenda desta quarta edição do comitê terá, também, a exposição de experiências bem-sucedidas em biotecnologia, políticas regionais e bilaterais de comércio, política agrícola e pesquisa no setor agropecuário. O Programa Agricultura de Baixo Carbono (ABC) será destaque no momento reservado às ações que envolvem produção agrícola e meio ambiente. O ABC, lançado em junho pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pelo ministro Wagner Rossi, prevê aplicação de R$ 2 bilhões em técnicas que garantem a sustentabilidade no campo, com balanço positivo entre sequestro e emissão de dióxido de carbono (CO²).

O Canadá ocupa a 25ª posição entre os destinos dos produtos agropecuários brasileiros. Entre janeiro e agosto deste ano, as vendas para aquele país renderam US$ 348,23 milhões, com destaque para açúcar e café. No fluxo contrário, os brasileiros importaram do Canadá US$ 226 milhões, o que colocou o país norte-americano em 10º no ranking de fornecedores do setor. Os principais produtos importados do Canadá são produtos florestais, como celulose, madeira e papel e trigo.
Fonte: Só Notícias

Nenhum comentário