Mercados na Ásia sobem com expectativa sobre BC dos EUA; dólar tomba

Publicado em 29/09/2010 08:58
171 exibições
O dólar recuou ao menor nível em oito meses, impulsionando o ouro para novo patamar recorde, diante de expectativas de que o Fed (Federal Reserve, o banco central norte-americano) vai agir novamente para ajudar a economia dos Estados Unidos.

O ouro avançou com expectativas dos investidores de que o Fed e o Banco do Japão vão injetar mais recursos em seus mercados via compra de bônus e outras medidas para ajudar suas economias.

"A atenção cada vez maior sobre medidas quantitativas e a quebra de vários suportes do dólar mantêm uma tendência pessimista", disse o JPMorgan em relatório a clientes.

Tais expectativas foram reforçadas por uma queda na confiança do consumidor dos EUA para o menor nível desde fevereiro e uma piora no cenário de grandes companhias apurado pelo Banco do Japão.

Apesar do clima negativo, os mercados acionários conseguiram encontrar suporte em um crescimento do índice de gerentes de compra da China de setembro, apurado pelo HSBC, para o maior patamar em cinco meses.

O índice que reúne as Bolsas de Valores da região Ásia-Pacífico, exceto Japão, exibia alta de 0,71% às 7h35 (horário de Brasília), caminhando para uma valorização no mês de 11,8%, maior ganho mensal desde julho de 2009. O desempenho ainda é mais significativo se for considerado que o mês é historicamente um dos piores para ações.

A Bolsa de Tóquio encerrou em alta de 0,67%, a 9.559 pontos, apoiada nas expectativas de que o Banco do Japão vai responder à piora do cenário do setor industrial ampliando suas medidas de estímulo. A autoridade monetária se reúne em 4 e 5 de outubro.

O mercado em Xangai andou de lado, exibindo oscilação negativa de 0,03%. Seul avançou 0,56% e Hong Kong teve valorização de 1,22%.

A Bolsa de Sydney teve desvalorização de 0,53%, a 4.644 pontos. Enquanto isso, Taiwan teve alta de 0,63% e Cingapura encerrou com valorização de 0,28%.
Fonte: Reuters

Nenhum comentário