BC eleva previsão de inflação para 2010 e 2011

Publicado em 28/10/2010 12:29
298 exibições
O Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) aumentou suas previsões para a inflação em 2010 e 2011. A informação faz parte da ata da reunião da semana passada, quando o comitê decidiu manter novamente a taxa básica de juros em 10,75% ao ano.

A projeção de inflação do BC para 2010 elevou-se em relação ao valor considerado na reunião do Copom de setembro, em todos os cenários calculados pela instituição, e se encontra "sensivelmente" acima do centro da meta de 4,5% fixada pelo CMN (Conselho Monetário Nacional).

O Copom faz suas previsões em cima de dois cenários: manutenção de juros e taxa de câmbio e variação desses dois indicadores de acordo com o previsto na pesquisa semanal Focus.

Para 2011, a projeção também se elevou nos dois cenários, mas permanece em torno do valor central da meta. Em relação a 2012, a projeção vai até o terceiro trimestre. Nesse caso, em ambos os cenários, se encontra ao redor do valor da meta. O BC não divulga os valores.

TARIFAS

O Copom manteve as projeções de reajuste zero para a gasolina e para o gás de botijão em 2010.

Em relação às tarifas de telefonia fixa e de eletricidade, a primeira caiu de 1,6% para 0,8%. A segunda, de 3,7% para 3,6%.

A projeção de reajuste para o conjunto de preços administrados por contrato e monitorados foi mantida em 3,6%. Para 2011, foi reduzida de 4,4% para 4,3%.
Fonte: Folha Online

Nenhum comentário