Índice de Bolsas da Ásia sobe a maior nível em 7 semanas por China

Publicado em 01/11/2010 08:54
196 exibições
As Bolsas de Valores da Ásia subiram para o maior patamar em 7 semanas nesta segunda-feira, impulsionadas por dados surpreendentemente fortes de produção manufatureira da China e expectativas de que o Federal Reserve afrouxe ainda mais sua política monetária esta semana.

A demanda dos investidores por ativos de maior risco foi sentida pelos mercados. Bônus de governos caíram, preços de commodities e moedas subiram, e o dólar desabou para o menor nível em 15 anos contra o iene.

No início da sessão, uma alta do dólar contra o iene chegou a inflar especulações de que Tóquio tinha intervido para vender iene. Mas a alta da moeda norte-americana foi breve e os operadores rapidamente passaram a trabalhar com a suspeita de que houve um problema na plataforma de negociação.

O crescimento da atividade manufatureira na China atingiu a maior taxa em seis meses em outubro, segundo índices de gerentes de compra, sugerindo que a segunda maior economia do mundo segue em expansão apesar da fraqueza dos Estados Unidos e Europa.

Investidores esperam que o Fed anuncie um plano de injeção de recursos na economia norte-americana na quarta-feira, uma política conhecida como quantitative easing. Muitos esperam que o Fed se ofereça para comprar US$ 500 bilhões em dívida do Tesouro dos EUA ao longo dos próximos cinco meses.

A expectativa sobre a medida do Fed encoraja investidores a vender dólar e comprar commodities, em parte pela crença de que a política da autoridade monetária fomentará crescimento econômico.

A Bolsa de Tóquio fechou em queda de 0,52%, a 9.154 pontos. A segunda maior economia da Ásia segue contra a tendência de crescimento da região apresentando deflação e crescimento fraco.

Uma alta de 13% do iene contra o dólar este ano tem pesado sobre o setor exportador japonês, um dos principais motores da economia do país. A Bolsa de Tóquio acumula perda de 13% no ano, ante uma alta de 11% do índice MSCI que reúne mercados da região Ásia-Pacífico exceto Japão.

O indicador encerrou esta segunda-feira em alta de 1,99%, a 467,96 pontos.

A Bolsa de Xangai avançou 2,52%, Hong Kong teve ganho de 2,41% e Seul teve valorização de 1,69%. Taiwam subiu 1,12%, Cingapura apurou alta de 1,58% e Sydney teve ganho de 0,79%.
Fonte: Reuters

Nenhum comentário