China vai elevar compulsório contra avanço do crédito, diz jornal

Publicado em 10/11/2010 08:54
144 exibições
Os reguladores do setor bancário da China solicitaram aos cinco maiores bancos do país que elevem o montante que devem recolher para reservas a fim de conter o "boom" no ambiente de crédito e controlar a liquidez contra riscos inflacionários. As informações constam da imprensa chinesa.

A versão eletrônica do Shanghai Daily reportou que o aumento de 0,50 ponto percentual na alíquota do depósito compulsório vai ser aplicada nos cinco maiores bancos estatais da China - o Industrial and Commercial Bank of China, China Construction Bank, Agricultural Bank of China, Bank of China e o Bank of Communications - conforme nota do UOB Kayhian Investment Co., empresa de consultoria e de serviços de pesquisa.

A medida vai valer a partir de 15 de novembro, notou a publicação, um mês depois de a China pedir a seis grandes bancos domésticos o congelamento de mais capital para empréstimo. A nova iniciativa deve enxugar cerca de 200 bilhões de yuans (US$ 30 bilhões) de liquidez do sistema financeiro, segundo o analista do UOB, Sheng Nan.

Ontem, o vice-presidente do banco central da China, Ma Delun, disse que Pequim vai acompanhar de perto o mercado e não vai deixar a inflação sem monitoramento.
Fonte: Valor Online

Nenhum comentário