Índice de Bolsas da Ásia cai, dólar eleva exportadores em Tóquio

Publicado em 10/11/2010 09:01
115 exibições
As Bolsas de Valores da Ásia fecharam sem tendência definida nesta quarta-feira, com o principal índice regional recuando, ao passo que o Japão se beneficiou de uma valorização do dólar que apoiou empresas do país voltadas à exportação.

O dólar teve uma leve alta nesta quarta-feira, atingindo a máxima desde o fim de outubro contra uma cesta de moedas, enquanto o euro ampliava queda por receios sobre os problemas de dívida soberana na zona do euro.

"Nós não tínhamos percebido que há um tom melhorado para os dados dos Estados Unidos e que isso se manifesta em uma recuperação no dólar e rendimento dos Treasuries", disse Robert Rennie, estrategista cambial no Westpac Bank, em Sydney.

Às 7h49 (horário de Brasília), o índice MSCI que acompanha as Bolsas da região da Ásia-Pacífico, exceto Japão, tinha queda de 0,56%, para 480,23 pontos.

A força do dólar ajudou empresas japonesas voltadas à exportação, incentivando o Nikkei, que atingiu maior nível em quatro meses. O índice avançou 1,4%, para 9.830,52 pontos. Mais cedo, o indicador chegou a 9.842 pontos, maior nível desde junho.

"O pico de julho formou uma resistência para o Nikkei e se ele conseguir encerrar a sessão acima desse nível, mais ganhos estarão no horizonte", disse Koichi Nosaka, analista de mercado na Securities Japan.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng terminou em queda de 0,85%, para 24.500 pontos. Xangai caiu 0,63%, para 3.115 pontos, enquanto Taiwan encerrou praticamente estável, com leve alta de 0,06%.

Em Seul, o índice Kospi encerrou com valorização de 1,05%, para 1.967 pontos. A Bolsa de Sydney perdeu 0,86%, para 4.699 pontos. Cingapura recuou 0,74%, para 3.289 pontos.
Fonte: Reuters

Nenhum comentário