Bovespa retrocede 2,1%, abaixo dos 69 mil pontos; dólar bate R$ 1,74

Publicado em 16/11/2010 14:52 156 exibições

As principais Bolsas de Valores amargam perdas acentuada na jornada desta terça-feira, em meio à tensão mundial sobre a situação europeia. Hoje, o Conselho Europeu (braço da União Europeia) admitiu que o bloco enfrenta "uma crise de sobrevivência". A Irlanda está sendo pressionada a aceitar um pacote de auxílio financeiro, o que Portugal já admitiu que deve aceitar.

O índice Ibovespa, que reflete os preços das ações mais negociadas, desvaloriza 2,10%, aos 68.887 pontos. O giro financeiro é de R$ 7,24 bilhões. Hoje é dia de vencimento de opções (contratos financeiros derivados de ações), que historicamente incham o volume de negócios. Nos EUA, o índice Dow Jones, da Bolsa de Nova York, cai 1,88%.

O dólar comercial é trocado por R$ 1,740, em forte alta de 0,92%. A taxa de risco-país 172 pontos, número 3,61% acima da pontuação anterior.

Entre as primeiras notícias do dia, autoridades econômicas chinesas advertiram que preparam uma série de ações para conter altas dos preços consideradas indesejáveis pelo banco central desse país. Segundo a imprensa local, algumas dessas ações devem ser controles de preços e subsídios para compradores.

Pequim já deu diversos sinais de desconforto com a dinâmica atual da economia e, além de aumentar pontualmente algumas taxas de juros, aumentou a parcela dos depósitos bancários que ficam em reserva, de modo a retirar dinheiro em circulação --uma medida clássica para controlar o nível de atividade.

Nos EUA, o Federal Reserve informou que a produção industrial ficou estável em outubro, após uma contração de 0,2% em setembro. E a inflação medida pelo PPI (índice de preços ao produtor) teve variação de 0,4% no mês passado, mesma taxa verifica em setembro. Economistas do setor financeiro estimavam uma inflação muito maior para o período --0,8%, pelo consenso.

No front doméstico, o boletim Focus (elaborado pelo Banco Central) mostrou que a maioria dos economistas do setor financeiro elevou suas projeções para a inflação deste ano --a variação projetada do IPCA passou de de 5,31% para 5,48%. a projeção para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) continua em 7,60% neste ano e em 4,50% em 2011.

O Ministério do Desenvolvimento reportou que a balança comercial teve superavit de US$ 896 milhões na segunda semana de novembro. No acumulado de janeiro a novembro, o superavit comercial é de US$ 15,946 bilhões, ou US$ 73,5 milhões/dia, cifra quase 30% abaixo da média diária verificada em 2009 para o mesmo período (US$ 103,7 milhões).

EMPRESAS

O Banco do Brasil anunciou hoje um lucro líquido de R$ 2,6 bilhões para o período do terceiro trimestre, número 33% acima do resultado de um ano antes.

Já a companhia aérea TAM reportou um lucro líquido de R$ 740 milhões, apurado no terceiro trimestre deste ano, mais que o triplo (224%) do ganho contabilizado no mesmo período em 2009.

Fonte:
Folha Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário