Iene fraco e commodities impulsionam bolsas da Ásia

Publicado em 18/11/2010 07:46 240 exibições
Um dia após o governo chinês fornecer informações sobre as medidas para controle da inflação no país, os mercados acionários da Ásia voltaram a registrar ganhos. As principais bolsas da região encerraram o pregão desta quinta-feira em campo positivo, levadas pelo enfraquecimento do iene e pela alta nos preços das commodities.

Em Tóquio, o índice Nikkei 225 avançou 2,06%, para 10.013,60 pontos, com as ações do setor exportador reagindo diante da desvalorização da moeda japonesa. Os papéis da Sony subiram 2,17%, acompanhados pelos da Toyota (1,42%), da Canon (1,26%) e da Nissan (0,76%). O setor bancário também apontou ganhos, com as ações do Mitsubishi UFJ Financial Group  subindo 4,30%, seguidas pelas do Mizuho Financial Group, com alta de 3,88%.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng reverteu a queda acentuada do último pregão ao apresentar alta de 1,82%, fechando aos 23.637,40 pontos. Na bolsa de Xangai, o Shanghai Composite teve 0,94% de valorização, aos 2.865,45 pontos. Ontem, o governo chinês informou que vai intervir nos preços quando for necessário para conter a inflação, mas não detalhou quais instrumentos monetários poderão ser utilizados.

Na Austrália, a alta das commodities impulsionou as ações das mineradoras, garantindo valorização de 0,34% para o S&P/ASX 200, da bolsa de Sydney, que fechou aos 4.640,20 pontos. Os papéis da Newcrest subiram 0,93%, enquanto os da Rio Tinto avançaram 0,85% e os da BHP Billiton, 0,76%.

Em Taipé, o Taiwan Taiex também subiu 0,34%, para 8.283,45 pontos e, em Seul, o índice Kospi ganhou 1,62%, aos 1.927,86 pontos.

Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário