Retomada da economia mundial perde dinâmica, segundo a ONU

Publicado em 01/12/2010 14:42 194 exibições
A retomada da economia mundial está perdendo dinamismo desde meados do ano, com o crescimento esperado para 2011 e 2012 considerado insuficiente para permitir a reabsorção do desemprego causada pela crise, estima um relatório da ONU publicado nesta quarta-feira.

A ONU trabalha com um crescimento mundial limitado a 3,1% em 2011 e a 3,5% em 2012, mas as perspectivas "permanecem incertas e com sérios riscos", diz o relatório intitulado Situação Econômica Mundial e Perspectivas para 2011.

"O espírito de cooperação entre as grandes economias se esfuma", o que pesa negativamente sobre as respostas dadas à crise. Em particular, as respostas monetárias não coordenadas tornaram-se "fonte de turbulência e de incerteza no mercado financeiro", diz o relatório.

Uma recessão em dois tempos ameaça a Europa, o Japão e os Estados Unidos, diz o documento, segundo o qual serão necessários incentivos fiscais para relançar a retomada.

Um crescimento do PIB de 2,6% em 2010 está sendo esperado nos Estados Unidos caindo para 2,2% em 2011 até chegar a 2,8% em 2012, segundo as previsões da ONU.

Na Alemanha, o crescimento ficaria estagnado em 1,3% em 2011; depois, em 1,9% em 2012 e em 1,6%, em 2010.

Outros países europeus vão conhecer um crescimento mais magro, como é o caso de Grécia, Irlanda, Portugal e Espanha, que se debatem em problemas da dívida.

No Japão, a deflação e a dívida pública elevada vão pesar sobre o crescimento, previsto de 1,1% em 2011 e de 1,4% em 2012, segundo o relatório.

Fonte:
France Presse

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário