Chefe do FMI: economia mundial não vai tão mal

Publicado em 06/12/2010 06:24 e atualizado em 06/12/2010 07:01 181 exibições
O diretor-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, disse no sábado que o panorama econômico global não é "tão ruim," mas que ainda existem incertezas nos Estados Unidos e na Europa.

A seguir, veja comentários feitos por ele durante um discurso em uma conferência sobre desenvolvimento no parlamento belga.

SOBRE O PANORAMA ECONÔMICO GLOBAL E OS EUA

"Não parece tão ruim. A Índia espera um crescimento de 9 por cento, o da China todos sabem, outros países da Ásia, até mesmo Japão, estão se saindo melhor do que antes."

"Nos EUA ainda é incerto, mas depende muito das cifras que teremos no último trimestre do ano para vislumbrar melhor como 2011 será."

SOBRE A POBREZA

"Esta crise, e mesmo antes, os aumentos nos preços de alimentos e combustíveis, teve como resultado o retorno à pobreza de milhões, dezenas de milhões."

SOBRE A RECUPERAÇÃO EUROPEIA

"Na Europa, a recuperação é obviamente lenta... provavelmente melhor do que a esperada, mas ainda não no nível necessário para lutar contra o desemprego." 

SOBRE A CHINA

"O crescimento chinês é impressionante. O papel da China na economia mundial está crescendo."

SOBRE O DÓLAR

"Não creio que o papel do dólar norte-americano irá desaparecer ou encolher no futuro próximo."

SOBRE OS PAÍSES EM DESENVOLVIMENTO

"A necessidade de reconstruir medidas de proteção fiscais e monetárias é uma prioridade."

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário