China eleva compulsório mais uma vez para conter preços

Publicado em 14/01/2011 09:55 e atualizado em 14/01/2011 13:36
O banco central da China elevou o depósito compulsório bancário nesta sexta-feira pela quarta vez em pouco mais de dois meses, em meio a sua promessa de que o combate à inflação será prioridade em 2011.

O aumento de 0,50 ponto percentual, que entra em vigor em 20 de janeiro, coloca o compulsório no recorde de alta de 19,5 por cento.

A elevação é a mais recente ação de Pequim para enxugar o excesso de liquidez na economia nacional, após a inflação anual no país atingir a máxima em 28 meses em novembro, a 5,1 por cento.

Ao forçar os bancos a deixar mais dinheiro no BC, Pequim espera enxugar parte do excesso de liquidez da economia e conter a alta dos preços.

O BC anunciou a decisão em um comunicado sucinto publicado em seu site.

No ano passado, a China elevou o compulsório seis vezes e aumentou a taxa básica de juro duas vezes.

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário