União Europeia e América Latina fecham acordo para encerrar a guerra das bananas

Publicado em 04/02/2011 07:55 267 exibições
O Parlamento Europeu aprovou nesta quinta-feira (3), em Bruxelas, a ratificação do acordo sobre o comércio de bananas entre a União Europeia (UE) e países da América Latina, entre eles o Brasil. O acordo encerra a chamada guerra das bananas, uma disputa que durou 16 anos. Pelo acordo, até 2017 haverá uma redução gradual de 35% dos tributos europeus cobrados sobre a banana latina. Em contrapartida, os países produtores suspenderão algumas ações na Organização Mundial do Comércio (OMC).

De cada quatro bananas consumidas pelos europeus, três foram exportadas por países latino-americanos. Em 2009, a União Europeia, um grupo de países da América Latina e os Estados Unidos fecharam um acordo sobre os direitos aduaneiros para a importação da fruta. A base do texto se refere ao tratamento preferencial dado pela UE à importação de bananas dos países de África, Caraíbas e Pacífico (ACP), em detrimento das bananas provenientes da América Latina.

Nos termos do acordo desta quinta-feira (3) aprovado pelos eurodeputados, a UE vai, ao longo de sete anos, reduzir gradualmente os impostos que incidem sobre importações de banana da América Latina dos atuais 176 euros por tonelada para 114 euros por tonelada até 2017.

Fonte:
Agência Brasil

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário