Dúvidas quanto à recuperação global deixam bolsas da Ásia no vermelho

Publicado em 10/02/2011 06:57 167 exibições
As dúvidas quanto à força da recuperação econômica mundial voltaram à mente dos investidores depois que a China elevou, na última terça-feira, os juros para conter o avanço da inflação. A alta de preços em diversos países e a expectativa pela divulgação de novos dados do mercado de trabalho nos Estados Unidos ainda hoje mantiveram a maior parte das bolsas asiáticas em campo negativo neste pregão.

Em Tóquio, o índice Nikkei 225 recuou 0,11%, para 10.605,70 pontos, enquanto em Hong Kong, a queda foi bem mais acentuada. O índice Hang Seng fechou com desvalorização de 1,97%, aos 22.708,60 pontos, com as ações da PetroChina baixando 3,04%. Os papéis do setor imobiliário também registraram forte retração, acima de 1%.

Na bolsa de Taipé, o Taiwan Taiex cedeu 1,89%, para 8.836,56 pontos, e em Seul, o índice Kospi caiu 1,81%, para 2.008,50 pontos.

Em Xangai, os investidores buscaram ajustes após a redução dos juros na China e a volta do feriado de Ano Novo Lunar, que deixou o mercado acionário sem operar por uma semana. O índice Shanghai Composite contabilizou alta de 1,59% nesta sessão, marcando 2.818,16 pontos.

Desempenho positivo também foi visto em Sydney, onde o S&P/ASX 200 subiu 0,20%, para 4.914,40 pontos, puxando tanto por bancos como por mineradoras. As ações do Commonwealth Bank Australia avançaram 0,96%, enquanto as da Rio Tinto tiveram alta de 0,34% e as da BHP Billiton ganharam 0,04%.

Fonte:
Valor Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário