Dados da China e do Japão colocam bolsas da Ásia no vermelho

Publicado em 10/03/2011 09:23 151 exibições
As bolsas asiáticas encerraram as operações desta quinta-feira em queda, com o mercado reagindo aos resultados da balança comercial da China em fevereiro e ao desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) do Japão no final do ano passado.

O índice Nikkei 225, da bolsa de Tóquio, recuou 1,46%, para 10.434,40 pontos, depois que o governo japonês informou que a economia do país encolheu 1,3% no quarto trimestre de 2010, em termos anualizados, e 0,3% na comparação com o trimestre anterior. A retração ficou acima da estimativa do mercado.

Na China, os negócios foram abalados pelos números da balança comercial, que apontaram déficit de US$ 7,3 bilhões no mês passado. O Shanghai Composite, da bolsa de Xangai, baixou 1,50%, para 2.957,14 pontos, enquanto o índice Hang Seng, da bolsa de Hong Kong, teve desvalorização de 0,82%, aos 23.614,90 pontos.

Em Taipé, o Taiwan Taiex caiu 1,22%, para 8.642,90 pontos e, em Seul, o índice Kospi cedeu 0,99%, para 1.981,58 pontos.

Na bolsa de Sydney, as mineradoras levaram o S&P/ASX 200 à retração de 1,43%, marcando 4.699,70 pontos. As ações da BHP Billiton caíram 2,98%, acompanhadas pelas da Rio Tinto, com queda de 2,38%.

A redução do rating da Espanha pela agência de classificação de risco Moody´s e o aumento das tensões na Líbia também influenciaram as operações.

PIB do Japão tem contração maior de outubro a dezembro

A economia japonesa recuou a uma taxa anualizada de 1,3% entre outubro e dezembro de 2010, em vez de ter contração de 1,1% no período. O Departamento do Gabinete do Japão informou que foi a primeira contração do Produto Interno Bruto (PIB) em cinco trimestres.

Os gastos com bens de capitais pelas empresas subiram 0,5% na comparação com o trimestre findo em setembro, contra uma alta de 0,9% comunicada originalmente. O consumo privado diminuiu 0,8%, em vez de queda de 0,7%, no mesmo tipo de confronto.

No trimestre até dezembro, perante os três meses anteriores, a economia do Japão encolheu 0,3%, coincidindo com o informado inicialmente para o intervalo.

No ano-calendário 2010, o PIB japonês apresentou expansão de 3,9%, taxa essa inalterada em relação ao levantamento preliminar.

Fonte:
Valor Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário