Banco do Japão põe mais 45 bi de euros para estabilizar mercados

Publicado em 17/03/2011 08:31 232 exibições
O Banco do Japão (BOJ) injetou mais 5 trilhões de ienes (44,892 bilhões de euros) na economia nesta quinta-feira para acalmar o mercado e evitar problemas financeiros, depois de o índice principal da Bolsa de Valores de Tóquio, o Nikkei, ter descido mais de 3,5% na abertura da sessão.

É o quarto dia consecutivo em que o BOJ injeta liquidez no mercado para evitar uma queda abrupta da Bolsa de Tóquio, que perdeu a barreira dos 9 mil pontos nesta quinta-feira diante do temor gerado pela crise na usina nuclear de Fukushima, a 250 km da capital. Com a injeção de hoje, a entidade emissora já colocou em circulação 33 trilhões de ienes (303,191 bilhões de euros) desde a segunda-feira para evitar uma grande queda nos mercados.

Nas cotações de quarta-feira em Nova York, a taxa de câmbio da moeda americana frente à japonesa chegou a 76 ienes por dólar, o nível mais baixo desde o fim da Segunda Guerra Mundial, mas ainda inferior ao recorde de 79,75 ienes de abril de 1995.

O ministro de Finanças japonês, Yoshihiko Noda, disse hoje que o governo observa com atenção os mercados de divisas e que houve "movimentos nervosos e especulações" nas cotações. O dólar chegou a ser cotado a 79,15 ienes na abertura do mercado de divisas de Tóquio na manhã desta quinta-feira.

Os analistas consideram que os investidores apostam que o iene se valorizará, já que as empresas japonesas terão de vender seus ativos em dólares para fazer frente aos danos e perdas derivados do terremoto da última sexta-feira.

Fonte:
EFE

0 comentário