"Os agricultores são os maiores preservadores do meio ambiente", diz Stephanes

Publicado em 05/04/2011 12:15 e atualizado em 05/04/2011 13:45 1213 exibições
Chove muito em Brasília. Porém, nem o mau tempo está abalando a força dos produtores rurais, que acompanham os pronunciamentos dos parlamentares e de líderes do setor.  Depois da missa campal, deputados e personalidades do agronegócio brasileiros foram chamados ao palco para darem seus depoimentos sobre as mudanças na legislação.

Clique aqui para ampliar!

O ex-Ministro da Agricultura e atual deputado federal pelo PMDB/PR, Reinhold Stephanes, lembrou que "esta moblização é a primeira dos últimos 20 anos feita pelos agricultores em nosso país. Vamos mostrar para os urbanos, para os ambientalistas que os maiores preservadores do meio ambiente são os agricultores".

"Queremos aprovar o novo Código Florestal, sem alterações da Câmara e do Senado. Os onze parlamentares do Mato Grosso do Sul que não votarem em favor da mudança serão considerados traidores por todos nós do estado", disse André Puccinelli, governador do Mato Grosso do Sul.

 Para Rogério Rodrigues, secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e também madeireiro, afirma que o setor de madeira do Amazonas faz toda sua extração de maneira legal. "É preciso mudar, mas não é justo com as pessoas que, por exemplo, foram para Sinop na década de 70 sejam injustiçadas. O que estamos fazendo é avançar. O Código vai de encontro com o que a nação precisa e com isso teremos a paz para produzir com sustentabilidade".

Clique aqui para ampliar!

Seguindo a programação, após do pronunciamento dos parlamentares, o horário das 12h30 às 13h30 está reservado para o almoço.

Depois, os participantes da manifestação darão um abraço simbólico ao congresso Nacional.

Para senadora Kátia Abreu, "o abraço simbólico ao Congresso Nacional significa o respeito aos parlamentares e o voto de confiança que estamos lhes depositando".

Às 14h, acontece uma audiência pública sobre o novo Código Florestal. Entre 15h e 16h30, o espaço será destinado a visitas aos deputados na Câmara. 

Fonte:
Notícias Agrícolas

4 comentários

  • Jefferson Cavallari Gatto Nova Esperança - PR

    A hora é está,não podemos deixar que a votação do novo Código Florestal seja adiada mais uma vez.Todos sabem que quem mais preserva o meio ambiente são os agricultores.Pois os rios que nascem na área rural são os mais limpos e preservados enquanto que os que nascem,ou cortam as áreas urbanas são os mais poluídos e assoreados.Nos agricultores sabemos também que se não preservarmos,as mudanças climáticas trarão sérias consequências as áreas urbanas,e mais ainda as áreas rurais que dependem do clima para que possa produzir.

    0
  • OSMARINA SALA SANTOS Itararé - SP

    Isso mesmo: os produtores são preservadores, prova disso está no que pede a

    Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), leiam isto:

    http://congressoemfoco.uol.com.br/coluna.asp?cod_canal=14&cod_publicacao=36630

    Absurdo....

    0
  • miguel nunes neto Guajará-Mirim - RO

    Estamos demonstrando que todos os produtores rurais estão sufocados com essa parafernálias de legislação ambiental, inventada, patrocinada e sustentada pelos eco-chatos de plantão. Vamos continua mobilizados em nossas trincheiras e de plantão para que possamos vencer essa guerra. Queremos produzuir com traquilidade, proporcionar condições dignas às nossas familias. Não podemos ficar pensando que a qualquer momento poderemos ser presos ou multados em valores que o nosso patrimonio, constuido com suor, não é suficiente para quitar. Não podemos ser expropriados. Pela votação sem emendas do relatório do deputado Aldo Rebelo, pela Camara e principalmente pelo Senado. Vamos lutar até o fim da guerra. Engenheiro Agrônomo Miguel Nunes Neto - Presidente do Sindicato Rural de Guajará Mirim - Rondônia

    0
  • Elízio Carlos Cotrim Uberaba - MG

    Os agropecuaristas brasileiros estão de parabéns pela demonstração de força e união. Cada vez mais doravante Eles irão precisar usar deste expediente na luta contra os interesses escusos destes ambientalistas eco-chatos. A preservação do meio ambiente sempre interessou e continua interessando muito, por sinal muito mais que os urbanos, aos ruralistas. Concordo em gênero, número e grau com o ex-ministro Reinold Stephanes. A mídia brasileiras e estas ongs 'de araque' é que criaram esta onda de que os agropecuaristas são poluidores. Qualquer um pode ver que o grande problema de poluição não só do Brasil, mas do mundo inteiro, está nos centros urbanos. Porquê não vemos a mídia brigando para que as cidades façam tratamento de esgoto em 100% dos casos, ou façam reciclagem do lixo. O dia que resolverem estes dois 'probleminhas' estarão resolvidos + de 80% da poluição do planeta.

    0