Petrobras reafirma política de manutenção do preço da gasolina

Publicado em 08/04/2011 09:00 189 exibições
Companhia diz que só faz ajustes quando valor no mercado internacional estaciona em certo patamar.
A Petrobras divulgou nessa quinta, dia 7, uma nota para reforçar posicionamento sobre a sua política de preços de combustíveis. A empresa informou que a última alteração no preço da gasolina nas refinarias foi uma redução de 4,5% em 9 de junho de 2009 e que desde aquela data não foi aplicado qualquer reajuste no preço da gasolina A, vendida para as distribuidoras, sem adição de etanol.

Na nota, a empresa destaca ainda que não tem influência em relação à volatilidade do preço do etanol. Segundo a Petrobras, os recentes aumentos nos postos se referem ao aumento do preço do etanol anidro, que é adquirido e adicionado à gasolina pelas distribuidoras, no percentual de 25%.

A empresa reafirma ainda a sua política de manter o preço da gasolina no mercado interno, mesmo com os aumentos do barril de petróleo no mercado internacional, que já chegou a US$ 145, no segundo semestre de 2008, e hoje está em torno de US$ 120.

– A política da Petrobras, ao longo dos últimos anos, tem como premissa não repassar para o consumidor a volatilidade dos preços internacionais do petróleo no curto prazo. A companhia pratica ajustes quando o valor do produto no mercado internacional estaciona em determinado patamar – informa a nota.

Fonte:
Canal Rural

0 comentário