Inflação na China derruba bolsas da Ásia

Publicado em 15/04/2011 07:55 160 exibições
O avanço da inflação na China e o crescimento do país em ritmo acima do esperado pelos analistas ampliaram os temores do mercado quanto ao lançamento de novas medidas de arrocho monetário pelo governo chinês. Com a aversão ao risco, a maior parte das bolsas asiáticas voltou ao campo negativo nesta sexta-feira.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng teve desvalorização de 0,02%, aos 24.008,10 pontos, enquanto em Taipé, o Taiwan Taiex caiu 0,96%, para 8.718,12 pontos. Na bolsa de Seul, o índice Kospi baixou 0,03%, para 2.140,50 pontos.

O Nikkei 225, da bolsa de Tóquio, recuou 0,65%, para 9.591,52 pontos e, em Sydney, o S&P/ASX 200 baixou 0,66%, para 4.852,10 pontos. Os papéis da Rio Tinto perderam 1,14% e os da BHP Billiton, 1%.

Na contramão, o Shanghai Composite, da bolsa de Xangai, avançou 0,26%, para 3.050,53 pontos.

No primeiro trimestre de 2011, o Produto Interno Bruto (PIB) da China teve expansão de 9,7% na comparação com o mesmo período do ano passado, superando as expectativas, que eram de crescimento de 9,4%.

A inflação, por sua vez, subiu 5,4% em março em relação a um ano antes, o maior resultados em 32 meses.

Fonte:
Valor Online

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário