Exportações do agronegócio de MT aumentaram 20,3% em abril

Publicado em 13/05/2011 11:14 433 exibições
Exportações do agronegócio de Mato Grosso aumentaram 20,3% em abril deste ano na comparação com igual mês de 2010. O valor de produtos embarcados passou de US$ 905,3 milhões para US$ 1,089 bilhão de um ano para outro. A procura internacional pelo complexo de soja (grão, farelo e óleo) é crescente, pontuando com alta de 28,57%, subindo de US$ 744,4 milhões para US$ 956,8 milhões no período. Mas são as vendas de carnes que se destacam na balança comercial mato-grossense. Balanço divulgado nesta quinta-feira (12) pelo Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) mostram que as negociações envolvendo carnes suína, bovina e de aves totalizaram US$ 104,5 milhões em abril deste ano, ante a US$ 89,8 milhões em 2010, aumentou de 16,33%.

Vitor Galesso, economista especialista em Comércio Exterior, justifica que a comercialização do complexo carnes no mercado externo é reflexo do processo de industrialização que o Estado vem registrando. Um exemplo é a redução de 16% nas exportações de farelo. "Não significa dizer que a produção de farelo diminuiu, ao contrário, tem aumentado. O que ocorre é que os empresário estão avaliando como mais interessante deixar o produto no mercado interno, para servir de alimento aos animais, do que exportar".

Esse cenário também acontece no complexo de fibras e produtos têxteis que, segundo dados do Mapa, caiu drasticamente em abril deste ano em relação a mesmo mês de 2010, baixando de US$ 21,124 milhões para US$ 1,228 milhão. "Isso mostra que o mercado interno está mais vantajoso economicamente, mesmo considerando a valorização na arroba do algodão". O levantamento ainda mostra que os embarques de cereais e farinhas também reduziu no mês passado em cerca de 14,4%, de US$ 11,011 milhões para US$ 9,415 milhões.

Quadrimestre - No quadrimestre deste ano as indústrias mato-grossenses exportaram US$ 3,052 bilhões e produtos do agronegócio. O volume representa aumento de 7,99% sobre o que foi embarcado ao exterior nos primeiros 4 meses do ano passado, quando somou US$ 2,826 bilhões. No acumulado deste ano foram exportados US$ 2,094 bilhões do complexo soja, US$ 461,9 milhões de cereais, US$ 390 milhões de carnes de suína, bovina e de aves.

Nacional - A balança comercial do agronegócio brasileiro registrou um novo recorde nas exportações. No período acumulado dos últimos 12 meses (de maio de 2010 a abril de 2011), o valor chegou a US$ 81,3 bilhões, aumento de 20,4% em relação ao mesmo período do ano passado. Por conta desse desempenho, o superávit comercial também subiu e alcançou os US$ 66,6 bilhões.

No mês de abril, houve incremento de 24,4% em comparação ao mesmo mês de 2010. Somente nesse período, as exportações atingiram US$ 7,9 bilhões. O resultado foi um saldo mensal de US$ 5,3 bilhões. O principal foi o complexo soja, que apresentou expansão de 35,7% e totalizou US$ 3 bilhões (38,4% do total exportado em produtos do agronegócio no mês de abril). As carnes foram responsáveis por uma evolução na receita de 19,2%.
Fonte:
Gazeta Digital

0 comentário