Governador Tarso Genro promete apoio contra endividamento rural

Publicado em 20/05/2011 08:25 281 exibições
Do alto do caminhão de som da Via Campesina, na Praça da Matriz, o governador Tarso Genro garantiu ontem (19) a mais de 3 mil agricultores que dará força política para resolver o endividamento rural. Em audiência com coordenadores do movimento e dirigentes da Fetag e Fetraf-Sul, Tarso se espantou ao saber que mais de 60% do endividamento brasileiro corresponde a contratos do Rio Grande do Sul. Segundo o diretor Estadual do MPA, Romário Rossetto, dos R$ 8 bilhões da dívida vencida ou por vencer, R$ 5 bilhões são de gaúchos. "Isso demonstra a importância da agricultura familiar do RS para o Brasil. Mas também que há algo errado com o sistema de financiamento", avaliou Tarso. O governador determinou a instalação de um grupo de trabalho para fazer levantamento das soluções necessárias. "Vamos convidar o ministro Gilberto Carvalho a comparecer aqui no Palácio Piratini e esse grupo apresentará a real situação." Carvalho foi incumbido pela presidente Dilma Rousseff de buscar solução ao tema.

Segundo Rossetto, os produtores querem que as dívidas sejam unificadas em contrato de 15 anos, juro zero e dois de carência. Além disso, pedem desconto de R$ 12 mil por família e bônus adimplência de 30%. A preocupação se justifica, segundo o presidente da Fetag, Elton Weber, porque dos R$ 16 bilhões disponibilizados pelo governo em 2010/2011, apenas R$ 11 bilhões foram tomados. "Isso acontece não porque o produtor não precisa de crédito, mas porque não pode tomar." Conforme levantamento da Fetag, nos últimos quatro anos, na região Sul do Estado houve diminuição de 25 mil contratos exatamente em áreas de plantio de arroz e fumo.

Ontem, produtores ainda participaram de grande expediente na Assembleia Legislativa sobre o endividamento e, no final do dia, deixaram a Capital.

Fonte:
Correio do Povo

0 comentário