Saúde e informação para a mulher do Campo

Publicado em 25/05/2011 17:42 160 exibições
Nesta semana, o Programa "Útero é Vida" atende 150 mulheres de Bocaina do Sul (SC) e 200 do município de Santa Luzia (PB).

O programa é oferecido pelas Administrações Regionais do SENAR, em parceria com sindicatos e prefeituras locais. Leva informações e saúde para as mulheres da zona rural. A supervisora regional do SENAR/SC, Paula Araújo Dias, explica que ao longo do dia as mulheres podem fazer exames (papanicolau e de mama) e participam de palestras sobre prevenção do câncer de mama, colo do útero e câncer de pele; higiene pessoal e bucal; higiene alimentar e doméstica; planejamento familiar; doenças sexualmente transmissíveis e autoestima da mulher. Ainda há um espaço beleza, para cuidar dos cabelos e unhas. Todas as atividades são gratuitas.

Na Paraíba, a programação é a mesma. "É gratificante ver esse salão tão cheio. Ver tantas mulheres fazendo um exame tão importante e que pode salvar muitas vidas”, afirmou o Prefeito de Santa Luzia, José Ademir Pereira de Morais.

Para o presidente do Sistema FAEPA/SENAR-PB, Mário Borba, o Programa Útero é Vida trata de educação e conscientização. “A ação do Útero é Vida leva informação e conhecimento para as mulheres e a cada evento, mais mulheres começam a fazer os exames e a se cuidar. Esperamos que este ciclo resulte no maior de número possível de exames e na redução do número de perdas pela doença”, afirmou o Mário Borba.

O Superintendente do Senar/SC, Gilmar Antônio Zanluchi, destaca que o público-alvo é constituído por mulheres rurais que nunca realizaram ou que estejam com o exame preventivo atrasado há pelo menos dois anos. Reforça também que, embora o foco seja a mulher, o objetivo é estimular os cuidados com a prevenção de doenças nas famílias rurais.

Fonte:
EaD Senar

0 comentário